Bulking de Pobre 01: Como fazer um bulking com pouca grana? - Você na Dieta Flexível
BREAKING NEWS

Bulking de Pobre 01: Como fazer um bulking com pouca grana?

É possível fazer um bulking com pouco dinheiro disponível?

A pergunta acima é algo que a galera do mundo fitness sempre se faz quando pensa em fazer um bulking para tentar dar uma melhorada no visual ou no tão popular shape, o bulking para quem não sabe do que se trata é uma técnica a qual se busca o ganho de massa magra.

Esse ganho de massa magra é atingido por meio do superavit de calorias ingeridas diariamente, esse superavit que em modo mais popular ou grosseiro seria comer mais do que se precisa para manter o corpo em pleno funcionamento.

Já fiz artigos explicando de modo mais detalhado como um bulking funciona, caso queira saber mais sobre ele, clique aqui!

Mas voltando a pergunta que é o destaque desta primeira postagem da série de artigos que pretendo fazer daqui em diante, será possível fazer um bulking tendo pouco dinheiro disponível?

Se sim, como? Irei tentar responder tais questionamentos, mas antes é preciso citar exemplos práticos, ou melhor, explicar o motivo pelo qual resolvi de uma hora para outra falar sobre o bulking de um modo digamos mais detalhado.

Recentemente resolvi entrar num bulking, bulking esse que está sendo o primeiro verdadeiramente com esse intuito, digo isso pelo fato de já ter sofrido muito com a balança no passado e acabava sendo vítima do tão temido efeito sanfona.

Há cerca de 7 anos eu pesava  99 quilos (Tenho só 1,71 de altura, então pensem como estava fora do peso!), sofria com vários problemas de saúde, os principais sendo hipertensão e dificuldades na respiração, fora a baixa auto-estima.

Deste período para cá resolvi que iria mudar de vida e assim entrei numa academia e mudei radicalmente meu estilo de vida e minha alimentação, confesso que fiz muitas loucuras nesta época.

Tudo isso fez com que perdesse muito peso em pouquíssimo tempo, tanto que na época chegaram a me questionar se estava com AIDS ou se tinha virado usuário de Crack.

Dos 99 quilos que pesava antes de resolver mudar de vida, cai para 65 quilos, daí o espanto daqueles que estavam a minha volta.

Acho que para perder esses 34 quilos foram gastos apenas uns 6 ou 8 meses no máximo, entrei em muitas dietas malucas, tomei termogênicos, enfim, fiz grandes maluquices.

Mas me livrei da gordura que era minha meta naquele tempo, desde então segui frequentando a academia e passei a me focar em ganhar massa magra.

Foi assim que há dois anos resolvi buscar a ajuda de uma nutricionista e foi só daí em diante que parei de me preocupar com a luta contra a balança que citei lá no começo do artigo, com o auxilio de uma profissional passei a fazer algumas dietas as quais me ajudaram a melhorar bastante a quantidade de massa magra que tinha em meu corpo.

Porém, o mais importante que tanto almejava ainda não tinha sido alcançado que era os tão cobiçados gominhos no abdômen, sim, eu sempre quis os ter e até aqui ainda não tinha.

Foi num dia como qualquer outro e bem de bobeira vendo vídeos no Youtube que acabei por cair num caminho o qual finalmente daria o tão cobiçado abdômen trincado que sonhava, cai de paraquedas no canal de Gabriel Arones.

Achei aquilo que ele dizia adotar como filosofia de vida um jeito muito interessante de atingir os objetivos, como disse acima já fiz tantas dietas mirabolantes e com isso qual seria o risco de tentar mais uma?

Foi pensando nisso que falei com minha nutricionista e com o auxilio dela passei a adotar a dieta flexível como minha aliada para enfim chegar ao tão sonhado tanquinho, e adivinhe só o que aconteceu pouco depois!

Com apenas 3 meses que estava seguindo aquilo que aprendi nos vídeos do Gabriel Arones finalmente passei a ver meus sonhados gominhos, foi uma felicidade sem igual.

Somente quem já esteve a um grau da obesidade irá entender o que digo, mas voltando ao bulking, depois de finalmente chegar ao meu tão sonhado tanquinho tenho me mantido em uma dieta de manutenção.

E sabe o por quê disso? Medo! Sim, é isso mesmo, mesmo tendo uma especialista a meu lado tive medo de tentar qualquer coisa e acabar perdendo o tão sonhado abdômen trincado que tanto lutei para atingir.

Mas tem vezes que a vida faz com que deixemos o medo de lado e foi uma fase conturbada onde perdi meu trabalho e tive que deixar de me consultar com minha nutricionista que me fez passar a finalmente pensar em tentar algum dia fazer um bulking.

Tudo isso aconteceu no começo deste ano quando fiquei desempregado e passei por vários perrengues desde então, achei um novo trabalho em meados de julho, acabou não dando certo e logo em seguida achei um outro, e novamente não deu certo, desta vez por forças maiores motivadas pela crise que assombra nossa economia.

Todos esses fatores me fizeram finalmente pensar, se nada parece estar dando certo, por que não tentar fazer o bendito bulking?

Foi com esse pensamento em mente que desde a última semana de agosto resolvi entrar em bulking, de lá para cá se passaram quase vinte dias.

E como estou sem trabalho, quem melhor do que eu para dizer se é possível fazer um bulking com pouco dinheiro?

Peço desculpas pelo tamanho do texto que fiz para que finalmente chegasse aquilo que era interessante, mas acho que sabendo mais sobre tudo ficará melhor para que entenda o que deve fazer e o que não deve fazer!

Só que antes de continuar, deixa eu expor como estava antes de colocar essa ideia de tentar crescer na cabeça!

Foto: Tirada no dia 24 de agosto de 2019, logo após acordar e ir ao banheiro!

A foto não está no melhor dos ângulos e como foi tirada por mim mesmo não mostra perfeitamente como estava, mas é nítido que estava bastante seco!

Nesta foto estava pesando cerca de 67 quilos e na última avaliação física que fiz na academia aonde estava frequentando deu que estava com 7% de gordura corpórea, nível considerado excelente.

Dai em diante passei a aumentar minha ingestão calórica diária, na primeira semana do bulking fiz quase tudo como se deve, já a partir da segunda até agora…

Digo isso pelo fato de que um bulking precisa ser muito bem feito para que traga resultados satisfatórios no fim, eu apesar de nunca ter feito um sei disso por ter visto vários videos sobre o tema ( Arones, Gorgonoid, Caio Bottura, Leandro Twin, Victor Lellis, etc) e ainda ter lido bastante a respeito.

Mas continuando: Quando um bulking é iniciado o primeiro que se deve pensar é onde quer chegar, eu ao tomar a decisão de tentar melhorar meu shape decidi que queria saltar dos 67  quilos da foto acima para 75 quilos.

Meta bem ambiciosa a minha, afinal são quase 10 quilos de diferença, diante do desafio tive que pensar bastante, como chegar a minha meta com a menor quantidade de gordura possível?

Foi após pensar por algum tempo que estipulei que neste bulking irei chegar ao teto de 80 quilos e depois irei entrar em cutting e chegar aos 75 quilos que era a minha meta inicial.

Com a meta traçada foi só aumentar a ingestão calórica diária para que os resultados começassem a aparecer, mas você deve estar se perguntando ele escreveu tudo isso e ainda não disse se é possível fazer um bulking com pouco dinheiro.

De novo o peço desculpas pelo tamanho do artigo, mas sim, é possível!

Da para fazer um bulking bem de boas estando com pouca grana, porém, é preciso priorizar algumas coisas.

Em primeiro lugar, faça o possível para bater sua meta diária de proteínas, num bulking com pouca grana fica inviável aumentar a taxa de ingestão de proteínas e com isso bater ao menos a meta diária da mesma é quase que uma obrigação.

Como não será possível ampliar as proteínas é preciso criar o superavit que citei lá encima com o aumento de carboidratos e existe uma infinidade deles que são baratos e podem ajuda-lo com isso, diante disso tudo, sim, dá pra fazer um bulking bem de boas.

O artigo já está extenso demais e por isso irei encerra-lo por aqui, no próximo irei dar mais alguns conselhos de como proceder num bulking e ainda o que evitar neste período (coisas que eu mesmo deveria ter evitado agora, mas enfim…), principalmente agora que está saindo de uma dieta de manutenção e entrando numa de aumento de volume, mas até o próximo artigo!!!

« »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.