Como fazer a Dieta Flexível? - Você na Dieta Flexível
BREAKING NEWS

Como fazer a Dieta Flexível?

Foto: Meramente Ilustrativa!

No primeiro artigo que fiz aqui no blog, dei uma sintetizada do que é a Dieta Flexível, de uma forma bem geral e sem especificar muita coisa, hoje irei explicar um pouco mais sobre o assunto.

Só para recapitular um pouco as coisas, a Dieta Flexível, é um método no qual você se “reeduca” no seu modo de fazer uma dieta, a diferença principal é que você pode comer aquilo que tiver vontade, desde que esse alimento se encaixe em sua meta diária de macros.

Fazendo este “encaixe” em sua meta diária de macros, você pode comer um pouco de tudo, sem sofrer com aquelas restrições alimentares, impostas pela maioria das dietas convencionais.

Mas tudo isso, já tinha sido dito no artigo anterior não? Bem, vamos logo ao assunto do dia, muita gente fica em duvida e com receio de adotar a Dieta Flexível em suas vidas, e surge duas duvidas básicas, como eu posso fazer a Dieta Flexível, e ainda eu posso a fazer?

A resposta, para a ultima pergunta, é sim, você pode, na Dieta Flexível, é possível emagrecer, ou ainda engordar, ou simplesmente ganhar massa, como queira, ela te auxiliar em todos os seus objetivos, na questão de objetivos que sejam focados no “corpo ideal”.

Para passar a seguir a Dieta Flexível, você precisa entender algumas coisas básicas, primeiramente, o que diabos vem a ser macros?

Não irei especificar muito neste artigo, mas em breve farei um falando somente deles, pense nos macros, como o “alicerce” de sua casa, ele seria a base de sua dieta, e é por isso que é por meio da contagem deles, que a dieta flexível funciona!

Para realizar a contagem dos macros, você precisa primeiramente descobrir a sua taxa metabólica basal, essa tal taxa metabólica, seria o tanto de comida que você precisa ao longo do dia, para manter seu corpo vivo, isso dizendo de um modo bem rústico.

Com essa taxa descoberta, agora é a hora de definir seus objetivos, sejam eles, emagrecer ou ainda ganhar peso, para tanto, é preciso avaliar alguns aspectos, como seu nível de atividades ao longo dos dias e outros fatores, dos quais quem tiver uma curiosidade mais elevada, eu recomendo que leia o livro “Dieta Flexível” do Caio Botura, não estou ganhando absolutamente nada para cita-lo, mas o livro é ótimo e te auxilia-rá demais!

Para descobrir esses valores citados acima, utilize a calculadora TDEE, que pode ser acessível neste link!

Nela você irá descobrir como anda sua taxa metabólica atual, para descobrir isso, você precisa alimentar o site com algumas informações, tais quais como: Idade, Sexo, Peso atual, altura, e ainda nível de atividades ao longo da semana.

Isso fica mais fácil de entender na imagem abaixo:

Foto: Reprodução Calculadora TDEE!

Na imagem acima, eu alimentei os campos com meus dados, em “Age” você deve inserir sua idade, em “Weigh” seu peso, em Height, a sua altura, em Activity, selecione a que melhor se encaixe a seu perfil atual, eu escolhi moderado, pelo fato de ir a academia de segunda a sábado e ainda correr aos domingos.

Apesar de fazer exercícios 7 dias por semana, eu coloquei que faço exercícios de 3 a 5 dias, isso pelo fato de assim a calculadora me fornecer um resultado que pode ser mais perto do que de fato meu corpo, esteja usando para me manter no meu peso atual (70).

O ideal neste ponto, é que antes de começar a buscar seu objetivo, seja ele engordar, ou ainda emagrecer, que você observe seu peso por duas semanas seguidas, utilizando o valor de calorias fornecido pela calculadora, caso o peso se mantenha, ai sim é hora de passar para a próxima etapa!

Foto: Tela com o resultado fornecido pela calculadora, baseado no que informei na tela anterior!

Conforme a imagem acima demonstra, eu preciso de 2.571 calorias ao dia para que mantenha meu peso no nível atual (70 KG), caso eu estivesse começando agora a tentar seguir a dieta flexível, eu precisaria ficar em modo de observação por duas semanas, tentando atingir essas 2.571 calorias e observando meu peso, caso ele se mantivesse, ai eu partiria para a próxima etapa, sei que fui repetitivo, mas como pretendo ser pratico, quero deixar pontos importantes claros, ok?

Agora você deve estar pensando, mas como eu irei contar essas calorias? E ainda não entendi o que são macros, e o que eles tem a ver com essa conta, bem para contar seus macros, você precisara de um aplicativo, sugiro que use o My Fitness Pal, mas tem diversos por ai, escolha o que entender melhor!

Neste aplicativo, ao invés de você contar as calorias, você irá contar os macros que formam essas calorias, a quantidade de calorias fornecida pela calculadora “TDEE” é nada mais nada menos, um numero que é dividido entre  Macros, sendo eles: Carboidratos, Proteínas e Gorduras. Lembra que citei que macros seriam, como o alicerce de sua casa?

Então, a ideia é fazer esse alicerce, forte o suficiente e para isso você precisa saber como o contar da forma correta, a ideia é contar os macros, e para isso você precisa de uma balança para pesar alimentos, pode parecer meio estranho, mas fará toda diferença no final!

Essa pesagem dos alimentos, é necessária para que você consiga medir o numero de macros que cada alimento lhe fornece e ainda como que eles irão entrar em sua cota diária de macros, muita informação sem detalhes não?

Vou tentar explicar, citando um exemplo pratico, imagine que você irá comer de almoço um prato com 250 gramas de arroz, 2 conchas de feijão e ainda 200 gramas de frango. Agora me responda, quantos gramas de cada macro você ingeriu nesta refeição?

Muita gente pensa que o arroz é 100% carboidratos, algo que na pratica não é bem assim, esse artigo esta ficando muito extenso e confuso e a intenção não é essa com isso, irei apenas finalizar detalhando, quantos macros, mais ou menos a refeição citada acima tem:

250 gramas de Arroz=  70 grama de carboidratos, 0,8 gramas de gorduras e 6,2 gramas de proteina

2 Conchas de Feijão: 28 gramas de carboidratos, 5 gramas de gorduras e 9 gramas de proteinas.

200 gramas de Frango: 3,3 gramas de gordura e 50 gramas de proteina

No exemplo citado, da para notar que praticamente os três alimentos, possuem os três macros que eu disse que seriam o “alicerce” de sua dieta, com isso, é importante que se aprenda a contar os macros e desta maneira o uso de uma balança é indispensável, ao menos no começo.

Por hora irei finalizar este artigo, sei que não ficou grande coisa, mas tentei resumir o máximo que deu, quem tiver duvidas, deixe abaixo, que tentarei ajudar, ou então leiam o livro do Caio, lá tem tudo em detalhes!

« »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.