É possível crescer seco? Estudo de caso - Você na Dieta Flexível
BREAKING NEWS

É possível crescer seco? Estudo de caso

Faz tanto tempo que não apareço por aqui que é até estranho estar de volta, mas é bom voltar com um assunto que tanto deixa dúvidas nas pessoas e que já foi abordado por aqui em outras ocasiões.

Afinal de contas da mesmo para crescer seco? Essa é uma dúvida comum de quem deseja ganhar massa muscular, mas ao mesmo tempo não quer ganhar gordura.

Quem segue esse blog sabe bem que para uma evolução corporal é recomendado que seja realizado um período de ganhos, que na gringa é conhecido como bulking.

Esse aumento na ingestão de calorias dará um incentivo a mais para que seu organismo tenha predisposição para ganhar massa magra, claro, isso seguindo uma boa rotina de exercícios.

Mas será que não existe uma maneira de ganhar massa, e evitar as banhas que um bulking tende a trazer?

Bem, para sua felicidade existe sim um caminho, onde é possível ter ganhos, sem ganhar aquela gordura nada desejada.

Para isso, é preciso realizar uma dieta que fica no meio termo, entre o bulking e o cutting.

Que nada mais seria, do que sua dieta de manutenção, que em tese seria a quantidade de calorias que seu corpo consome para te manter vivo.

Certamente deve estar pensando, esse cara está maluco, como posso ganhar massa com uma dieta que basicamente me mantém vivo?

Bem, vamos aos fatos, antes de qualquer coisa, saliento, que tudo que estou dizendo é baseado em minha própria experiência e pode ser que em seu caso não funcione direito e necessite de ajustes.

O ideal é sempre buscar a ajuda de um nutricionista ou nutrólogo, mas voltando a maneira de crescer seco.

Como disse, estando na sua dieta de manutenção, é a maneira mais simples de conseguir ter ganhos, sem conquistar aquelas gorduras nada desejadas.

O pulo do gato para se ter ganhos, mesmo consumindo apenas aquilo que seu corpo precisa para viver, é ampliar o consumo de proteínas, beber muita água, e fazer exercícios aeróbios, ao menos umas 6 vezes na semana.

Existem também alguns suplementos alimentares que auxiliam nessa missão tão sonhada pelas pessoas, mas irei deixar para falar deles num próximo artigo (Assim tenho motivos para voltar aqui!).

Abaixo duas fotos minhas, uma do fim do ano passado, pesando 73 KG e em bulking, e uma dessa semana, pesando 74,5 kg seguindo a manutenção rica em proteínas.

«

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.